Viagem Cultural

Dicas e opiniões sobre assuntos diversos.

A INFLUÊNCIA CATÓLICA NO MUNDO ATUAL

cristo_redentor

Quando o imperador romano Constantino fundou o catolicismo, ele não criou somente uma nova religião. Sem saber ele estava criando um novo império. E foi exatamente após a queda do Império Romano que esse império começou a surgir.

Enquanto pertencia ao Império Romano, a igreja estava sujeita as ordens dos imperadores. Com o fim do Império ela começou a adquirir autonomia.

Porém, por ter sido criada por um imperador pagão, muitos elementos do paganismo foram introduzidos dentro da igreja cristã. A maior prova disso são os “santos” católicos que se assemelham aos deuses mitológicos romanos.

Mas não foram só os deuses que ela herdou do antigo império. Três características importantes foram introduzidas dentro da igreja que lhe garantiu a sobrevivência após as invasões bárbaras: centralização do poder, hierarquia e formação acadêmica.

A centralização do poder, através da figura do papa, dá à igreja o status de império. O papa é o líder máximo dentro do império católico. No princípio quando não existia a figura do papa, a igreja estava dividida em cinco sedes, num sistema conhecido como pentarquia, onde os patriarcas de Roma, Constantinopla, Alexandria, Antioquia e Jerusalém eram os líderes da igreja. Após a queda do Império Romano em 476, a autonomia do bispo de Roma foi crescendo até que ele se tornou o líder máximo da igreja católica.

E assim como qualquer imperador, o papa ocupa o cargo até o final de sua vida, se não abdicar desse direito.

A hierarquia dentro da igreja também é uma qualidade que deve ser destacada. Ao contrário do que acontece por exemplo nas igrejas evangélicas; onde qualquer líder se auto denomina pastor, bispo, apóstolo, missionário, ou qualquer outro título que achar conveniente; a igreja católica mantém uma hierarquia que vai desde o diácono, passando pelos padres, bispos, arcebispos, cardeais, até chegar ao papa.

A formação acadêmica é outra obrigatoriedade positiva dentro da igreja católica. Para se tornar um padre, o seminarista deve ter   formação acadêmica e em alguns casos até pós-graduação. Essa exigência garante que no futuro, o próximo papa será no mínimo um cardeal culto. Para alguém que dirige um império tão grande, onde seus seguidores vivem em países com culturas tão diferentes, ter uma formação acadêmica e ser poliglota é uma condição fundamental.

As decisões da igreja católica influenciam até mesmo pessoas que não são cristãs. A maioria das festas religiosas tiveram suas datas escolhidas pela igreja católica. A data do Natal foi escolhida para se adaptar a data de celebração do nascimento do deus sol, adorado no Império Romano no dia 25 de dezembro.

Até mesmo datas determinadas por Deus a igreja católica ousou alterar. O dia de descanso, que Deus ordenou que fosse o sábado, o catolicismo alterou para o domingo, dia de adoração do sol (por isso sunday, em inglês). O mesmo aconteceu com a Páscoa, que ao contrário do que muitos imaginam, é uma festa judia e não cristã. Deus determinou a Moisés que a Páscoa fosse comemorada no dia 14 de Nissan (primeiro mês do calendário judaico), mas a igreja católica resolveu mudar a data para o primeiro domingo após a primeira lua cheia, que ocorre após a primavera no hemisfério norte ou outono no hemisfério sul.

A renúncia do papa Bento XVI, em 28 de fevereiro de 2013 foi anunciada em praticamente todo o mundo, enquanto que poucos souberam que o primeiro ministro da Tunísia, Hamadi Jebali, renunciou em 19 de fevereiro de 2013. A Tunísia tem aproximadamente 163.610 km2, enquanto que o Vaticano tem apenas 0,50 km2.

No Brasil a influência da igreja é tão grande que a lei de nº 6.802 de 30 de junho de 1.980, decreta oficialmente o dia 12 de outubro feriado dedicado a devoção a Aparecida, e a reconhece como padroeira do Brasil. Isso em um país que se declara um estado laico, mas que é visivelmente católico. Nenhuma outra religião tem esse status.

Várias cidades e estados do país têm nome de “santos” católicos (São Paulo, São José dos Campos, Santa Catarina), e outras tem boa parte de sua economia derivada do turismo da igreja católica, como Ouro Preto, Tiradentes e São João Del Rey, em Minas Gerais ou Aparecida em São Paulo. E muitos municípios possuem como ponto turístico uma imagem do “Cristo” no ponto mais alto da cidade. A mais famosa é a do Cristo Redentor no  Morro do Corcovado no Rio de Janeiro, mundialmente conhecida. Claro, é uma imagem católica.

Mas a maior influência que o catolicismo tem no mundo atual, é o fato de que os livros da Bíblia que usamos até hoje, foram escolhidos pela Igreja Católica no Concílio de Laodicéia, em 363 (o livro de Apocalipse só foi aceito em 397 no Concílio de Cartago).

Tudo isso prova que o domínio da igreja católica não acabou com a Revolução Francesa. O que mudou foi só a forma de dominação.

About these ads

02/03/2013 - Publicado por | Religião | , ,

3 Comentários »

  1. Airton, estava tão gostozinho de ler, tão pedagógico, tão charmoso que lamentei chegar ao fim.
    Podia ter explorado mais. O tema estava bastante interessante.
    Que tal um capítulo II?

    Comentário por Leila | 06/03/2013 | Responder

    • Olá Leila, posso sim escrever mais coisas já que esse é o desejo. Normalmente os textos que escrevo sempre mostram os problemas dentro da igreja católica. Eu quis mostrar desse vez que apesar de tudo, existem muitas coisas dentro da igreja católica, que deveriam ser copiados por outras religiões. Mas vou pensar em prosseguir com o assunto sim.
      Obrigado.

      Comentário por Airton | 06/03/2013 | Responder

  2. O domínio católico, não acabou com a revolução francesa; mas, acabará muito em breve, com a volta de Jesus Cristo, na guerra do “Armagedão”. Todas as religiões falsas serão destruidas (Apoc. cap. 17-20). Ficará um só povo a babitar a terra: O povo que aceitar servir a Deus, fazer a sua vontade inspirada na Bíblia e, seguir os exemplos ensinados pelo filho de Deus: Jesus, quando esteve na terra (João 11:25,26).
    E, Danie 2:44 diz: nos dias daqueles reis, o Deus do céu, estabelecerá um reino, que jamais será arruinado. E o próprio reino, não passará a qualquer outro povo. Esmiuçará e porá termo a todos estes reinos, e ele mesmo, ficará estabelecido por tempos indefinidos.l

    Comentário por Maria Barbosa | 25/07/2013 | Responder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: