Viagem Cultural

Dicas e opiniões sobre assuntos diversos.

PATRIOTISMO

Durante o campeonato mundial de futebol, é muito comum ver bandeiras brasileiras estendidas em carros, casa e prédios. Ruas são enfeitadas e pintadas de verde amarelo. Aliás, essas são as cores mais usadas nessa época.  Porém, assim que termina a participação do Brasil, como num passe de mágica, tudo desaparece.

Em alguns países é muito comum ver bandeiras hasteadas em lugares públicos e até em residências. As pessoas sempre têm em casa algo que simbolize sua nação, “eles sabem separar bem o sentimento político do cívico”. Mesmo que não estejam a favor da administração política, não deixam de prestigiar eventos onde o orgulho nacional é exaltado. Seu amor pela pátria está muito acima de diferenças e divergências políticas.

Já o brasileiro não demonstra ter esse sentimento. Se em um evento público, como o desfile de 7 de Setembro, tem a presença garantida de políticos que não são de sua preferência, normalmente o contrário ocorre com o povo, que evita tal evento e muitas vezes o repudia.

Para saber por que o brasileiro de uma forma geral não é patriota, temos de identificar como ocorreu a formação desse povo. Afinal, quem é o brasileiro? Qual sua origem e sua história ?

Começaremos com os índios, que já viviam aqui antes mesmo dessa terra se chamar Brasil. Os colonizadores portugueses invadiram e exploraram sua terrra, além de dizimarem milhões, introduziram sua cultura como se a deles nunca existesse, “afinal, eles precisavam ser civilizados!”. A nação jamais fez algo por eles, desculpe-me, já estava esquecendo da FUNAI, porque normalmente são os países estrangeiros  que lutam mais pelos seus direitos do que o próprio Brasil. Que ironia…”os donos da terra, hoje vivem em cercadinhos”, demoninadas reservas indígenas.

Temos também os negros, que foram trazidos para cá arrancados de sua terra e afastados de sua família, para serem escravos. Seu maior sonho era voltar para sua pátria, e é outra etnia que não tem motivos nenhum para ter amor pelo Brasil, pelo contrário, mais de 350 anos de escravidão, talvez explique a exclusão social, a discriminação, a maioria da população negra que sobrevive em favelas ou dentro das cadeias, fora o racismo enrustido que existe em nosso país.  

Embora a Independência do Brasil tenha sido de grande valor, esta não provocou rupturas sociais significativas para os brasileiros. O povo mais pobre se quer acompanhou ou entendeu o significado da independência. A estrutura agrária continuou a mesma, a escravidão se manteve e a distribuição de renda continuou desigual. A elite agrária, que deu suporte à D. Pedro I, foi a camada que mais se beneficiou. Ironicamente, o próprio povo que nos colonizou, foi quem nos libertou.

Os imigrantes, que em sua maioria vieram para o Brasil por pura necessidade de trabalho no campo ou na cidade, em virtude de guerra em seu país, ou por possuir mão-de-obra especializada (indústria). Não vieram por opção, mas como falta de uma alternativa melhor. Se pudessem não teriam deixado sua terra. Por isso,  ainda guardam amor pela sua pátria mãe. O Brasil será sempre sua segunda nação, jamais a primeira.

Somos todos descendentes dessas etnias, e consequentemente trazemos esses sentimentos implícitos dentro de nós. O motivo de não sermos patriotas é cultural. Não é falta de amor à pátria, mas a conseqüência de uma mistura de povos que tem suas raízes em outra cultura, outra nação. Talvez até por isso, temos o costume de achar que outros povos são melhores do que nós.

Temos orgulho de sermos brasileiros em época de Copa do Mundo de Futebol, pois é uma das poucas vezes que podemos concorrer com outras nações de igual para igual, nesse momento temos a possibilidade de sermos os melhores. O futebol é democrático e nos dá a chance de sermos vencedores, talvez seja esta a maneira que o brasileiro encontrou “para amar a sua Pátria”!

http://www.museudoindio.org.br

http://www.museuafrobrasil.org.br

http://www.memorialdoimigrante.org.br

Anúncios

05/09/2010 - Posted by | Preconceito | , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: