Viagem Cultural

Dicas e opiniões sobre assuntos diversos.

OS CINCO MARIDOS DA MULHER SAMARITANA

ALIANÇA

1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2  (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3  deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia. 4  E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5  Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6  Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta. 7  Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. 8  Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. 9  Então, lhe disse a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)? 10  Replicou-lhe Jesus: Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. 11  Respondeu-lhe ela: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? 12  És tu, porventura, maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, e, bem assim, seus filhos, e seu gado? 13  Afirmou-lhe Jesus: Quem beber desta água tornará a ter sede; 14  aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna. 15  Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água para que eu não mais tenha sede, nem precise vir aqui buscá-la. 16  Disse-lhe Jesus: Vai, chama teu marido e vem cá; 17  ao que lhe respondeu a mulher: Não tenho marido. Replicou-lhe Jesus: Bem disseste, não tenho marido; 18  porque cinco maridos já tiveste, e esse que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade. 19  Senhor, disse-lhe a mulher, vejo que tu és profeta. 20  Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. 21  Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. 22  Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus. 23  Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. 24  Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. 25  Eu sei, respondeu a mulher, que há de vir o Messias, chamado Cristo; quando ele vier, nos anunciará todas as coisas. 26  Disse-lhe Jesus: Eu o sou, eu que falo contigo. 27  Neste ponto, chegaram os seus discípulos e se admiraram de que estivesse falando com uma mulher; todavia, nenhum lhe disse: Que perguntas? Ou: Por que falas com ela? 28  Quanto à mulher, deixou o seu cântaro, foi à cidade e disse àqueles homens: 29  Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Será este, porventura, o Cristo? 30  Saíram, pois, da cidade e vieram ter com ele.

João 4:1-30

Essa passagem em que Jesus conversa com a mulher samaritana é conhecida e usada por muitos pregadores para mostrar que Jesus não tinha preconceito com nenhum povo ou raça e que a salvação era para todos.

Mas ela tem um significado muito maior do que isso.

É preciso se conhecer a história (principalmente a história de Israel) para entender exatamente o teor desse diálogo.

Samaria e Israel pertenciam há um mesmo reino nos tempos de Davi e Salomão. Esse reino era composto pelas doze tribos de Israel. No século XI a.C. o reino foi dividido em dois: ao sul ficou o reino de Judá, composto pelas tribos de Judá e Benjamin, com sua capital em Jerusalém, e ao norte o reino de Israel, composto pelas outras dez tribos restantes e com sua capital em Samaria.  Os habitantes do reino do sul eram os judeus e os do reino do norte os samaritanos.

Em 722 a.C. o rei Salmaneser da Assíria conquistou o reino de Israel. Com o objetivo de destruir os sentimentos nacionais dos povos conquistados, ele levou muitos dos samaritanos para outras terras de seu domínio e trouxe estrangeiros de outras terras para Samaria. Os samaritanos que ficaram casaram-se com as estrangerias que vieram, da mesma forma que os estrangeiros casaram-se com as samaritanas. Por causa dessa mistura, os judeus não reconheciam os samaritanos como “puros”, e os tratavam com desprezo. Por essa razão a mulher estranhou o fato de Jesus conversar com ela e lhe pedir água, pois os judeus sequer falavam com os samaritanos.

Não quero me alongar com a interpretação do texto, mas gostaria de focar principalmente em mostrar quem eram os cinco maridos da mulher samaritana.

A mulher do texto não tem nome. Ela representava todo o povo de Samaria.

Cinco povos estrangeiros vieram habitar Samaria, conforme II Reis 17:24 “O rei da Assíria trouxe gente de Babilônia, de Cuta, de Ava, de Hamate e de Sefarvaim e a fez habitar nas cidades de Samaria, em lugar dos filhos de Israel; tomaram posse de Samaria e habitaram nas suas cidades”. Esses eram os cinco maridos da mulher samaritana.

Esses povos trouxeram consigo seus costumes, religião e deuses:

Babilônia – cultuavam uma deusa chamada Sucote-Benote.

Cuta – cultuavam o deus Nergal.

Ava – cultuavam deuses Nibaz eTartaque

Hamate – cultuavam a deusa Asima.

Sefarvaim – cultuavam os deuses Adrameleque e Anameleque

O sexto marido era a situação atual em que se encontrava Samaria. Não tinha uma aliança com Deus. Jesus agora era o marido e oferecia a mulher uma aliança eterna.

Jesus não escolheu o poço de Jacó para ter essa conversa com Samaria por acaso. Por causa de toda essa mistura religiosa que Samaria havia passado, eles eram rejeitados pelos judeus. Jesus então diz para Samaria que Ele agora é o “dono do poço”. E é Ele quem agora chama Samaria de volta, e mais, diz para que todos os povos que ali habitavam, que cultuavam outros deuses, que eles também poderiam vir.

A água que Ele estava oferecendo não tinha mais distinção de judeu, samaritano ou gentio. A água era para todos.

Autor: Domingos Alves Carneiro.

Anúncios

12/03/2012 - Posted by | Religião | , , , , , , ,

75 Comentários »

  1. Interessante e inédito, para mim.
    Obrigada

    Comentário por Leila Oliveira | 12/03/2012 | Responder

    • Esta história aí está muito mal contada, pois o Senhor falou de cinco maridos da mulher samaritana e de um sexto marido que não era o dela; eu creio que essa mulher estava debaixo da lei do levirato, pois muitos samaritanos adotavam as leis mosaicas como costumes e ensinamentos pessoais.
      Há uma contradição muito grande nessa história ai. Quando Jesus diz que ela teve cinco maridos e o que ela estava com ele agora não era dela, deixa provável que ela quebrou a lei do levirato por algum motivo para casar com outra pessoa.

      Comentário por Daniel | 01/01/2015 | Responder

      • Concordo, plenamente.

        Comentário por Edilson. | 31/08/2015

  2. O que a mulher então quis dizer quando falou ao povo: “vinde e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Porventura não é este o Cristo?” João 4:29
    Ela se referia aos deuses dos samaritanos ou a situação imoral que ela vivia? “tudo quanto tenho feito”
    O fato de falar detalhes da sua vida pessoal fez com que ela reconhecesse o messias. “Porventura não é este o Cristo?”
    Às vezes o texto é tão claro que não acreditamos no óbvio.

    Comentário por Junior | 06/10/2012 | Responder

    • Olá Júnior,
      a situação da mulher era exatamente aquela que o texto dizia. Ela teve cinco maridos e tudo o que traz no texto. Só que naquele instante ela estava representando todo o povo de Samaria. Aquele diálogo, apesar de servir pra vida dela, não era direcionado somente para ela, mas para todos os samaritanos.
      Ela foi escolhida para estar lá aquela hora e ter o diálogo com Jesus porque a situação dela era semelhante a de todo o povo samaritano.

      Comentário por Airton | 06/10/2012 | Responder

      • Entendi, muito obrigado.

        Comentário por Junior | 07/10/2012

      • Exato!

        Comentário por Fernando | 30/08/2015

      • Eu acho um pouco estúpido tbm essa interpretação. .precisamos ficar de olho pq ah muitos falsos interprete ..eu entendo Que jesus falava da vida da Mulher sim..e nao do povo..pq Deus nao fala com pessoas alsente e sim com as presentes..

        Comentário por Dionísio | 10/03/2016

  3. Gostei…sàbia interpretacao…

    Comentário por Rosimar | 07/05/2013 | Responder

    • Muito bom. Jesus falou abertamente para aquela mulher. Quando ele fala do marido Ele diz chamá teu marido e vem cá. Devemos ter cuidado em interpretações bíblicas. Elas são fáceis de diserni pois Crsito Jesus sempre falou numa linguagem fácil. Ele estava conversando naturalmente.

      Comentário por Auro | 09/04/2017 | Responder

  4. você poderia me explicar se aquele poço era o único que abastecia a cidade? será que a mulher não ia até ele porque os outros lhes estavam proibídos?

    Comentário por ricardo gazzi | 24/07/2013 | Responder

    • Olá Ricado,
      Aquele não era o único poço que abastecia a cidade. Haviam outras fontes.
      E a mulher não era proibida de ir aos outros poços. Fazia parte das obrigações das mulheres buscar água e até dar águas para algum homem que estivesse passando pelo local.
      Espero ter ajudado em sua dúvida.
      Obrigado

      Comentário por Airton | 05/08/2013 | Responder

  5. obrigado por sua gentil explicação. ricardo.

    Comentário por ricardo gazzi | 05/08/2013 | Responder

  6. Apaz, Este comentário do Amado irmão, é consubistancial, não mais necessário, saber se tinha ou não poço na região, a bíblia relata este, porque já fazia parte de um povo, que já conhecia, mas por causa da mistura, buscaran deuses estranhas, hoje não é diferente sempre tem alguém questionando, algu que Jesus não falou.procurando chifre em cabeça de cavalo.

    Comentário por nelson josé da silva. | 21/09/2013 | Responder

    • veja porque é tão necessário questionar a Biblia, além do que está escrito.

      Ao defender a mulher adúltera SEM LHE IMPOR QUALQUER CONDIÇÃO, Jesus revela ser portador de um amor ISENTO DA NOÇÃO DE PECADO, própria daqueles sacerdotes. Por isso, se depois dessa acolhida ele lhe dissesse “vai e não peque mais”, ele estaria revelando que sua acolhida era uma farsa e que internamente era igual àqueles sádicos e assassinos que a haviam trazido até ele. Seria como se lhe dissesse: “Eu lhe perdoei uma vez, mas se você pecar novamente eu estarei ao lado desses facínoras, matando-a de pedradas!” Portanto, é evidente que essa frase tenha sido um acréscimo de algum odiento copista que não suportava o Amor Incondicional.
      (Copistas: pessoas que faziam cópias dos evangelhos, corrompendo as citações conforme seus conhecimentos e seus interesses. Isso só deixou de acontecer no ano de 1439, com a invenção da imprensa.)

      Comentário por ricardo gazzi | 21/09/2013 | Responder

      • A biblia diz que “Aquele que está em Cristo nova criatura é,as coisas velhas se passaram e tudo se fez novo…”então,se vc tem a certeza de que Jesus muda o rumo de sua historia,a partir daí vc nao pratica mais o que ante
        s praticava,pois do contrario,o encontro com o Salvador seria em vão!

        Comentário por suely pardauil | 05/10/2013

    • Aquela mulher samaritana na verdade era uma prostituta que se relacionava com os Homens de Samaria Jesus fala para ela vai buscar o teu marido e vem cc e ela fala nao tenho marido e jesus diz isto e verdade porque ja teve 5 e o que tens agora nao e teu

      Comentário por Luis sacramento | 10/04/2015 | Responder

  7. PELA GRAÇA DE DEUS, SOU EVANGELISTA.GOSTÁRIA MUITO DE RECEBER MAIS ESTUDO DESTA ÉDITOURA, PRA SER CINSSERO. EU NÃO SEI O NOME DESTA EDITOURA, EU GOSTO MUITO DOS ESTUDOS DE VOCES. MORO EM PAU DOS FERROS RIO GRANDE DO NORTE. RUA HORACIO BERNARDO DE DE SENA N.24-CP-59900-000 A PAZ DO SENHOR PRA TODOS.

    Comentário por Raimundo Nonato Ferreira | 11/03/2014 | Responder

  8. A paz de Deus esteja com vosco! Espiritualmente uma mulher refere se a uma igreja do senhor, um poco de agua refere se a vida e a prostituicao refere se o adoramento de falsos deuses, chamar o marido significa chamar o seu deus

    Comentário por chris ngovene | 30/04/2014 | Responder

    • Penso que a mulher não era uma prostituta, tanto que ela tivera cinco MARIDOS e não amantes. E nenhuma mulher poderia deixar do marido sem que ele lhe desse uma carta de divórcio (ou repúdio). O que significa que ela era uma mulher rejeitada e não uma leviana. E o maior motivo de rejeição dos maridos era quando a mulher não lhe dava filhos. Nesses casos ele poderia dispensá-la, ou mesmo trocá-la por uma mercadoria qualquer, um camelo, por exemplo. isso porque as mulheres eram tidas como “mão de obra útil”. Portanto, eu deduzo que cada novo marido, além de ter uma nova serva, a aceitava como esposa por entender que a causa da sua infertilidade fosse de seus maridos, os quais Deus não queria que tivessem filhos. Todavia, depois de cinco maridos e nenhum filho, a mulher fora obrigada a ver-se como uma amaldiçoada por Deus e, consequentemente, rejeitada pela população. Isso obrigava-a a buscar água “ao meio dia”, ou seja, sozinha, para não contaminar as outras mulheres, cuja missão era a de buscar água logo de MANHÃ. No caso do sexto homem, e não marido, era porque esse já não mais se aventurava a tê-la como esposa, mas somente como uma amante e uma “mão de obra útil”. Essa situação fazia dela uma mulher triste, condenada por Deus e pelos homens.
      Portanto, quando Jesus lhe diz: “Dá-me de beber DA SUA ÁGUA!” e logo depois, “eu lhe darei de beber DA MINHA ÁGUA!” Ele estava oferecendo a sua amizade, que é o que os amigos faziam dando-se de beber uns aos outros.
      Com aquele acolhimento, Jesus estava “lavando” internamente aquela mulher da ideia de um deus e DOS CINCO deuses, malditos, que rejeitavam as mulheres inferteis. E mais, esse acolhimento era tão vivificador, tanto que iria jorrar de seu interior eternamente.
      De modo que, quando ela volta a cidade, ela, que até então era estéril, foi para DAR A LUZ àqueles religiosos, dizendo-lhes: “Eu conheci aquele que sabia tudo de mim, NO ENTANTO, ELE NÃO ME REJEITOU.
      Isso fez com que aqueles cidadão, que não atendiam a voz das mulheres, ficassem tão impressionados com a luz que resplandecia no rosta da samaritana, a ponto de aceitarem-na como a mensageira do amor gratuito.

      Comentário por Ricardo Gazzi | 30/04/2014 | Responder

      • Excelente varão… A religião discute até hoje esse texto… Mas com a consciente do evangelho do Reino voce descreveu o texto com sabedoria. Abraço !

        Comentário por Claudio | 17/01/2016

    • Eis o meu parecer. Abraço. Ricardo.

      * Penso que a mulher não era uma prostituta, tanto que ela tivera cinco MARIDOS e não amantes. E nenhuma mulher poderia deixar do marido sem que ele lhe desse uma carta de divórcio (ou repúdio). O que significa que ela era uma mulher rejeitada e não uma leviana. E o maior motivo de rejeição dos maridos era quando a mulher não lhe dava filhos. Nesses casos ele poderia dispensá-la, ou mesmo trocá-la por uma mercadoria qualquer, um camelo, por exemplo. isso porque as mulheres eram tidas como “mão de obra útil”. Portanto, eu deduzo que cada novo marido, além de ter uma nova serva, a aceitava como esposa por entender que a causa da sua infertilidade fosse de seus maridos, os quais Deus não queria que tivessem filhos. Todavia, depois de cinco maridos e nenhum filho, a mulher fora obrigada a ver-se como uma amaldiçoada por Deus e, consequentemente, rejeitada pela população. Isso obrigava-a a buscar água “ao meio dia”, ou seja, sozinha, para não contaminar as outras mulheres, cuja missão era a de buscar água logo de MANHÃ. No caso do sexto homem, e não marido, era porque esse já não mais se aventurava a tê-la como esposa, mas somente como uma amante e uma “mão de obra útil”. Essa situação fazia dela uma mulher triste, condenada por Deus e pelos homens. Portanto, quando Jesus lhe diz: “Dá-me de beber DA SUA ÁGUA!” e logo depois, “eu lhe darei de beber DA MINHA ÁGUA!” Ele estava oferecendo a sua amizade, que é o que os amigos faziam dando-se de beber uns aos outros. Com aquele acolhimento, Jesus estava “lavando” internamente aquela mulher da ideia de um deus e DOS CINCO deuses, malditos, que rejeitavam as mulheres inferteis. E mais, esse acolhimento era tão vivificador, tanto que iria jorrar de seu interior eternamente. De modo que, quando ela volta a cidade, ela, que até então era estéril, foi para DAR A LUZ àqueles religiosos, dizendo-lhes: “Eu conheci aquele que sabia tudo de mim, NO ENTANTO, ELE NÃO ME REJEITOU. Isso fez com que aqueles cidadão, que não atendiam a voz das mulheres, ficassem tão impressionados com a luz que resplandecia no rosta da samaritana, a ponto de aceitarem-na como a mensageira do amor gratuito.

      http://1.gravatar.com/avatar/11f3e890fbb5564de6a8a6b8ffc299e6?s=16&d=http%3A%2F%2Fs0.wp.com%2Fi%2Fmu.gif&r=GComentário por Ricardo Gazzi

      Comentário por Atendimento | 01/05/2014 | Responder

      • Quero reforçar, a tese do levirato, pois a mulher entra em um assunto religioso com Jesus quando diz nossos pais adoravam neste monte, mas vós dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar.
        podemos perceber que ela estava sim debaixo da lei mosaica e do levirato.

        Comentário por Daniel | 01/01/2015

      • Olá, Daniel. como você bem observou, Jesus ignorou a lei mosaica ao ignorar a lei do levirato. Eu sou evangélico, mas para entender o que vou dizer a você, eu precisei suar muito sangue. Hoje eu vejo com muita clareza que a missão de Jesus era à
        trazer a humanidade algo absolutamente novo; tão superior a lei do olho por olho que escandalizou todos os religiosos a ponto de o colocarem na cruz. E qual foi efetivamente a Boa Nova que Jesus veio nos trazer? Qual foi a Boa Nova que eles não puderam suportar? Ele veio abolir a noção de pecado, uma vez que a noção de pecado era um conceito gerado da carne, tal como Jesus disse (com outras palavras) a Nicodemos. Toda sua crença e vivência religiosa procedem da carne (de suas células). Para você conhecer o que é divino, terá de nascer de novo e do alto. Isso perturbou Nicodemos de tal maneira, que ele só conseguiu entender que Jesus veio para abolir a noção do pecado, quando ele declarou, dizendo: NINGUÉM SABE O QUE FAZ. ou seja, SÃO TODOS INOCENTES. Foi quando Nicodemos afrontou toda religião e, juntamente com José de Arimateia, retirou Jesus da cruz.

        Comentário por Ricardo | 02/01/2015

      • Espiritualmente uma mulher refere se a uma igreja do senhor, um poco de agua refere se a vida e a prostituicao refere se o adoramento de falsos deuses, chamar o marido significa chamar o seu deus

        Comentário por LIA OLIVEIRA | 26/05/2017

    • sabia resposta!!!

      Comentário por adir | 14/11/2016 | Responder

  9. Olá! Após ler sua interpretação sobre o texto bíblico tive uma ideia que pode ser até estranha, mas gostaria que pudesse discuti-la. Tenho lido várias interpretações sobre a mulher de Samaria e seus esposos e em nenhum delas esta mulher é tida como alguém que vivia debaixo da Lei. A começar por aí, gostaria que pudéssemos refletir sobre os casamentos desta mulher. Mesmo que remotamente ela faça parte do povo de israel (como um todo), e tenha recebido orientações da Lei e vivido parte da lei mosaica, seria impróprio afirmar que ela seguiu as tradições e que seus casamentos não eram decorrentes do Levirato? Uma vez que não está explícito o motivo dos (supostos) divórcios, bem poderia ser que apenas o último não fosse seu marido, e logo estaria fora do padrão? Certamente alguém me questionará sobre os esforços desta mulher em saciar sua sede (e por isso Jesus lhe ofereceu da Água da Vida), o que representa uma separação moral e espiritual aos projetos de Deus para os relacionamentos. Todavia, sendo Jesus que ele é, Filho do Deus Altíssimo, esta história não poderia ser uma narrativa na qual ELE afirma que o fruto do relacionamento humano é falho e que incorremos em corrupção, tendo, portanto, como escape e salvação, buscar a segurança nEle? Espero que não tenha dado um nó nos neurônios de qualquer um; simplesmente me pergunto se esta mulher não viveu da Lei (do levirato ou do divórcio).

    Comentário por Pablo Andrade | 23/05/2014 | Responder

    • Olá Pablo,
      por se tratar de um texto interpretativo, várias pessoas interpretam de forma diferente, muitas vezes a que mais seja conveniente para sua crença.
      Agradeço por você deixar sua interpretação, e espero que ela possa servir para que outros também reflitam sobre o texto e que possam tirar a própria conclusão.
      E obrigado por visitar nosso blog.

      Comentário por Airton | 23/05/2014 | Responder

      • podemos até encontrar varias interpretações,más nunca se esqueça que só há uma verdade .Precisamos encontrar o sentido real das escrituras para que possamos verdadeiramente sermos libertos

        Comentário por Odaildo Moura Izete Silva | 02/08/2014

    • Olá, Pablo. Tanto naquele tempo como nos tempos atuais, a religião marginaliza aqueles que ela entendia como pecadores, que essa gente só estaria de acordo com Deus caso se arrependesse de seus pecados. De maneira que se Jesus também pensasse assim, ele seria mais um que concordava com a lei do olho por olho e dente por dente. Com isso, o seu amor não teria nada de extraordinário. Aliás, ele não estaria nos trazendo uma BOA NOVA, mas, sim, apenas enfatizando a VELHA doutrina de Moisés que, diga-se de passagem, era um conceito nascido da carne, como ele disse a Nicodemos. Portanto, entendo que Jesus NÃO PERDOOU A MULHER PECADORA, MAS, SIM, A FEZ ENTENDER QUE ELA NÃO TINHA PECADO ALGUM, QUE ELA ERA ABSOLUTAMENTE INOCENTE E QUE APENAS REAGIA A FORÇA DE SUA SOLIDÃO INTERIOR, fosse ela pecadora ou repudiada. De forma que esse acolhimento não era uma ÁGUA que LAVOU os pecados da mulher, mas, sim, UMA ÁGUA QUE DEU A ELA UMA NOVA VIDA, UM NOVO ENTENDIMENTO A RESPEITO DO AMOR. E ficou evidente que esse acolhimento produzia efeito. Tanto que a mulher tornou-se uma apóstola, não como aquela que havia sido perdoada, mas como uma mãe que foi dar à luz aqueles religiosos da cidade que ainda concebiam a noção de pecado, ou seja, que ainda estavam imersos nas trevas como fetos em seu ventre. Ricardo Gazzi

      Comentário por Atendimento | 23/05/2014 | Responder

  10. realmente o texto é um pretexto fora do contexto

    Comentário por Itaci Santos | 03/07/2014 | Responder

  11. Eu estava rezando e pedindo a Deus uma palavra para que eu pudesse entender o que fazer em relação a uma pessoa . Eu perguntei ao Espirito Santo que se valia a pena continuar insistindo na mudança espiritual do meu namorado e se seria ele a pessoa que Deus designava para eu.Então , a palavra que veio foi essa. Queria uma explicação dentro do que narrei neste comentário.

    Comentário por Marcia | 30/07/2014 | Responder

    • Olá Márcia,
      infelizmente não tenho essa capacidade para dar conselhos sobre esse tipo de assunto. Sugiro que procure o líder espiritual de sua igreja, pois tenho certeza que ele é a pessoa mais capacitada para ajuda-la.
      Obrigado pela visita no blog.

      Comentário por Airton | 30/07/2014 | Responder

  12. Muito legal o que o texto provoca, trazendo do nosso interior, respostas RHEMA para as nossas questões. Os símbolos espirituais estão aí: A AGUA DA VIDA QUE SACEIA A ALMA HUMANA, Jesus, sabendo do que ocorre em nossa vida pessoal, A BUSCA ETERNA POR AQUILO QUE SACIA NOSSA ALMA, A ALEGRIA de quem a encontra e deseja ardentemente de compartilhá-la com os outros. Os outros, seriam os gentios, os marginalizados e rejeitados, Jesus deseja alcançá-los pelo seu AMOR.

    O PECADO (ERRAR O ALVO), existe. Muitas vêzes Jesus disse que o espírito malígno havia abandonado aquela pessoa que a mantinha cativa e uma vez liberta, disse: Não tornes a pecar, dando a entender que a brecha que abrimos dá direito legal de Satanás e seus demônios, agirem.

    Os SAMARITANOS, eram um povo mistura de judeus, com outros povos, isso significa a contaminação com outras crenças e outros deuses. Jesus deseja essas pessoas também. VENHAM COMO ESTA, depois ele completa a obra, no processo de santificação. CERTA VEZ ele disse aos discípulos: VÓS jÁ ESTAIS PURIFICADOS PELA PALAVRA. Aqui temos um segredo: A PALAVRA NOS PURIFICA. TEMOS QUE TÊ-LA COMO UMA SEGUNDA PELE.

    Aqui, ele revela que não é IGREJA, nem templos que fazem essa obra de purificação e sim a nossa entrega, em estudos e orações, numa conversa intima com ele, trancados num quarto, pois importa que o adoremos em ESPÍRITO E VERDADE.

    Jesus deseja que num processo gradativo, cresçamos de tal forma que venhamos a nos tornar seu amigo, grau mais elevado de intimidade, bem mais próximo dele, pois o servo de nada sabe do que se passa no coração de seu SENHOR. Quando nos tornamos ramo da videira Verdadeira João 15, vamos subindo de degrau. DE SERVOS, passamos a ser AMIGOS. João 15:15, que é quando de tão íntimos ele passa a revelar a nós de forma especial, os segredos do REino que o PAI lhe ensinou. Marta foi repreendida. Queria servir; limpar, colocar lenha na fogueira, varrer, Maria escolheu a melhor parte, buscou intimidade com o SENHOR. Parabéns, Airton! SUA MATÉRIA PROVOCOU EM NÓS GRANDES VERDADES.

    Comentário por Leila Oliveira | 21/09/2014 | Responder

  13. Deus continue dando revelaçao de tamanho estudo,e conhecimento

    Comentário por LuizCarlos | 12/10/2014 | Responder

    • Olá Luiz Carlos.
      Obrigado pelas palavras. E obrigado por visitar nosso blog.

      Comentário por Airton | 13/10/2014 | Responder

  14. Muito obrigada pela ótima explicação, realmente Jesus usou a própria vida pessoal da Samaritana, para ensinar algo à Samaria, e a nos.Tudo se encaixa perfeitamente.

    Comentário por Uthana Fernandes | 24/10/2014 | Responder

  15. Muito bom! que Deus abençõe

    Comentário por Fernando | 25/10/2014 | Responder

  16. Otima interpretacao, ja que tudo o que Cristo diz e muito maior e mais revelador do que aquilo q pensamos ou imaginamos, pq seus caminhos nao sao como os nossos e seus pensamentos sao maiores que os nossos.

    Comentário por george | 02/11/2014 | Responder

  17. to ferrado pequei muito

    Comentário por joao jr | 12/11/2014 | Responder

  18. Certamente ela entendeu que o Filho de Deus falava em parábolas e por isso entendeu o que nós custamos a entender. Não é na carne e nem no sangue, mas no espírito.

    Comentário por Elian Mattos | 16/01/2015 | Responder

  19. Olha, Domingos, as ”explicações” que vc dá aos contestadores de suas inusitadas afirmativas, são mesmo de ‘arrepiar’, amigo!… como pode ter tanta certeza do que diz valendo-se de tantos ”simbolismos”? foi ”revelação”???… e até convence alguns!!! Quanta ”imaginação”, moço!… a historia dos ”cinco povos”, ”cinco deuses” e os SEIS maridos, é incrível! … E depois diz que o ”SEXTO MARIDO” tratava-se da ” situação atual em que se encontrava Samaria”…Mas, perai…”MARIDO?” Mas quê ”marido”, Domingos? Jesus diz claramente à mulher que aquele último homem com que ela agora convivia NÃO ERA MARIDO DELA, lembra? e se não era marido legítimo dela, que ”deus”, o tal ricardão ”encarnaria” em sua imaginosa interpretação eisegética, amigo??? Perdoe a minha leiguice teológica e queira-me bem. Por Cristo.

    Comentário por Antonio Esteves | 02/03/2015 | Responder

    • Não posso dizer que o texto foi “revelação” como você perguntou, trata-se simplesmente de estudo, e não necessariamente de estudo teológico. Se você estudar a história vai ver que não estou tentando “convencer alguns”, estou simplesmente relatando fatos históricos, que ocorreu com o povo da Samaria. Tudo o que está escrito não é fruto de imaginação. Basta você ler um bom livro de história e verá que o que está escrito é fato ocorrido. Basta estudar.
      Obrigado por seus comentários, e sempre que puder visite nosso blog.

      Comentário por Airton | 02/03/2015 | Responder

  20. Parabéns amados – sua Copia ficou melhor essa mensagem Os cinco maridos da Mulher Samaritana, Deus me revelou em 17/10/2010, como foi publicado no Blog, Link em anexo. O Amado poderia pelo Menos citar a fonte:
    https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=3218194274299592484#editor/target=post;postID=6995546329388236373;onPublishedMenu=allposts;onClosedMenu=allposts;postNum=0;src=postname
    Em Cristo Jesus, Esperança Nossa
    Pr. Leopoldino Vieira Neto

    Comentário por Pr. Leovine Vieira | 04/03/2015 | Responder

    • Olá Pastor Leopoldino Vieira Neto, antes de mais nada gostaria de agradece-lo pela visita em nosso blog.
      Porém, não posso deixar de lamentar o comentário infeliz que o senhor deixou, afirmando que o texto é cópia de um texto de sua autoria.
      Se o senhor procurar em bons livros, e até na própria internet, vai encontrar interpretações semelhantes sobre essa passagem bíblica. Se o senhor teve essa revelação em 17/10/2010, eu já tinha esse texto escrito desde a década de 80. Esse, e todo texto que escrevo, é fruto de estudos principalmente em livros de história, que é a maior fonte de interpretação da bíblia.
      Revelações bíblicas, não são exclusividade de ninguém. São frutos de estudos, que qualquer um tem acesso.
      Em tempo, o link que o senhor indicou não existe. Por favor atualize e será um prazer deixa-lo disponível para quem quiser ver sua interpretação.
      Obrigado.

      Comentário por Airton | 04/03/2015 | Responder

  21. irmãos Paulo disse que devemos reter o que é bom ,com certesa eu irei tomar varias coisas deste assunto que o amado irmão citou e estarei orando para que O querido Esp Santo me acrecente mais coisas dentro deste texto , Agradeço ao querido irmão que dividiu conosco esta revelação que ele teve dentro deste texto .

    Comentário por nelson | 16/03/2015 | Responder

  22. qual o nome da mulher samaritana? tenho que descobrir é muito importante para mim!

    Comentário por cassio souza | 16/04/2015 | Responder

    • Olá Cássio,
      pesquisei em vários livros que possuo sobre o assunto, mas nenhum deles menciona o nome da mulher samaritana. Na verdade a maior fonte de dados sobre essa época é a própria Bíblia, já que muitos livros foram queimados durante a inquisição. Como ela não cita o nome da mulher, hoje é praticamente impossível saber essa resposta.
      Lamento não poder ajuda-lo.

      Comentário por Airton | 17/04/2015 | Responder

  23. Paz ,de jesus,quando jesus disse tu tiveste cinco marido é que ela ja viveu 5 relacionamento como marido e mulher com aqueles cavalheiros,tipo assim cinco cazamento que nao deu certo,tipo assim cazou cinco veses,e nao deu certo,e ficou sozinha,jesus disse ,tu ja teve cinco maridos,dava tudo errado pra ela,porque alquem que nao conceque estruturar as base que é a familia nao conceque ser felis,ainda mais naquela época,ai ela resolveu viver uma vida com um homem,tipo assim sexo sem compromiso,que poderia ser marido doutra,ou um homem que só queria se aliviar sexuamente os praseres da carne.porque jesus disse este nao é teu marido.jesus abençoe.past Moyses.

    Comentário por moyses velhinho | 19/07/2015 | Responder

  24. Eisegese pura, que rouba o verdadeiro significado do texto! Lamentável que muitos seguem essas interpretações infundas! Se os maridos fossem os “reis pagãos”(onde eles estão no texto?), não haveria perplexidade da parte da mulher para com a revelação de Jesus no tocante sua sua vida: “Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta.
    João 4:19”. Essa perplexidade demonstra que Cristo estava revelando algo intimo e pessoal de sua vida, fato que é atestado em: “Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Porventura não é este o Cristo?
    João 4:29”. É triste vermos um texto claro e simples como esse ser usado dessa forma. O mais triste ainda é vermos as pessoas acreditarem em qualquer “coisa nova” sem antes conferir ou pesquisar em bons comentários. Que Deus ilumine seu povo e os livres do alegorismo!

    Comentário por Ivan Santos | 04/08/2015 | Responder

    • Parabéns irmao moyses é isso mesmo. E eu ainda acredito que este ultimo homem com quem ela tava era de outra mulher: ou seja um homem casado. DEUS abençoe a todos.

      Comentário por Henrique | 12/09/2015 | Responder

  25. o segredo do texto esta na tradução,pois a palavra marido sig baal ou seja marido ou senhor: baal zebub marido das moscas, um nome prejorativo p/ os mesmo; shalom a todos.

    Comentário por fabio antonio | 28/09/2015 | Responder

    • Olá Fábio,
      obrigado por visitar nosso blog e deixar sua opinião.

      Comentário por Airton | 28/09/2015 | Responder

      • Não sei se faz sentido o que vou falar agora, mas lendo o texto e os comentários, esse aqui me chamou atenção pois a questão “tradução original” acho muito importante:
        Bom, se na tradução original seria “senhor” pensei que talvez Jesus estivesse falando da prostituição espiritual como se ela tivesse até aquele momento adorado outros deuses e o que estava adorando agora também não era o que deveria (“Nossos pais adoravam neste monte” – vs 20). E essa busca a deixava com sede que nunca seria saciada. Me chama a atenção que ela deixa o cântaro ao correr como se abrindo mão do que ela acredita ser resposta para o que buscava.

        Comentário por Fabiola | 15/06/2016

      • Olá Fabiola,
        achei muito interessante suas observações.
        Muito obrigado por visitar seu blog e deixar suas opiniões.

        Comentário por Airton | 16/06/2016

  26. interpretação herética, jamais os 5 maridos da mulher samaritana tem a ver com os deuses pagãos e os costumes religiosos e crenças dos assirios e babilônicos apos conquistarem israel e Judá.
    Jesus estava falando literalmente que aquela mulher teve 5 relacionamentos frustrados porque não conhecia ele (água viva), e o ultimo marido dela era um homem já casado.
    Com todo respeito ao autor, mas essa é minha visão de interpretação que o amor de Cristo esteja entre todos nós).

    Comentário por Paulo Sérgio | 04/10/2015 | Responder

    • Olá Paulo Sérgio,
      obrigado por visitar nosso blog e por deixar sua interpretação.
      Que Deus possa estar sempre te abençoando.
      Sempre que possível, venha deixar sua opinião sobre nossos textos.

      Comentário por Airton | 04/10/2015 | Responder

    • Estudar um pouco mais, não faz mal a ninguém,precisa-se ler a biblia,antes de fazer algum comentário.

      Comentário por Salatiel Ramos Pinheiro | 09/11/2016 | Responder

  27. Um ótimo estudo com bastante esclarecimento para nos que pragamos a palavra de Deus vai me servi muito como base de conhecimento

    Comentário por Antonio Ribamar | 27/10/2015 | Responder

  28. Prezadas e prezados, o tema é instigante. Tanto a interpretação que enfatiza o carácter simbólico e alegórico (maridos=povos e seus deuses), quanto o levirato e a lei mosaica têm fundamento. Contudo, um fator me intriga: Quando os discípulos afastam-se para comprar comida, Jesus e a samaritana ficam a sós e travam todo o diálogo. O narrador precisaria testemunhar a conversa entre os interlocutores, ou o teor da conversa deveria ser compartilhado depois, nos seus detalhes, e são muitos os detalhes. Seria possível que para dissolver o constrangimento da cena ou buscar uma solução narrativa, o evangelista tenha preenchido a conversa com dados já conhecidos do preconceito vigentes contra os samaritanos? Acomodação oportuna para um texto escrito 60 ou 95 décadas d.C?
    Humildemente, tenho essa dúvida!

    Comentário por Rogério C. de Moura | 02/11/2015 | Responder

  29. O comentário do amigo da narração estranha sobre os seis maridos, acho que é busca de fama e introdução de novidade na Bíblia com outro objetivo

    Comentário por Hildebrando Antonio de Lima | 13/12/2015 | Responder

  30. eu gosto muito de prega sobre jesus e a mulher samaritana é uma hitoria muito
    profunda se medita- vos bém

    Comentário por eduardo carlinho | 04/02/2016 | Responder

    • muito bom

      Comentário por everaldo lucio pinheiro pecanha | 03/03/2016 | Responder

  31. E o que tudo isso importa?
    O importante é que Disse Jesus: “Eu sou o caminho e a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai se não por mim.” (João 14:6)
    “15 E disse-lhes: Ide por todo omundo, pregai o evangelho a toda criatura.
    16 Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”
    O restante são discussões que não salvam.
    Estudem menos e preguem mais a Jesus.

    Comentário por Dabiliae | 11/03/2016 | Responder

  32. Por favor me ajudem ajuda eu resumir essa história

    Comentário por Kauane | 17/03/2016 | Responder

  33. Pois esse estudo foi muito bom, deu para entender melhor está passagem, pois eu tirei muitas dúvidas OK obrigado.

    Comentário por Marcelo Vieira | 03/04/2016 | Responder

  34. Na Realidade essa explicação é nova pra mim mas achei válida e interessante e bem clara pois passei a vida toda ouvindo uma versao distorcida .Parabéns gostei e entendi o salvador te abençoe

    Comentário por Eliana Fernandes | 18/04/2016 | Responder

    • Olá Eliana,
      obrigado por seus comentários e por visitar nosso blog.
      Deus te abençoe.

      Comentário por Airton | 18/04/2016 | Responder

  35. Sincero e não cinssero.
    Editora e não editoura.
    Evangélico e não evangelista.
    Evangelista foi todo aquele que participou da consecução dos evangelhos,Lucas, Mateus João e outros

    Comentário por Luiz | 16/10/2016 | Responder

  36. Foi de grande aprendizado para mim, gostaria de receber mais informações sobre a Bíblia.

    Comentário por Regina Célia | 22/10/2016 | Responder

  37. Graça e Paz amados irmãos,vi atentamente esse estudo sobre a mulher de Samaria,e foi de grande vália.
    Mas o que me chamou á atenção,além do estudo é claro,foram os comentários de algumas pessoas,é notório ver que muitos infelizmente não conhecem as escrituras.
    Gostaria de acrescentar algo a respeito;em Lucas 9,51-56,o texto nos afirma que Jesus fora rejeitado pelos Samaritanos,e que seus discípulos ficaram revoltados,ao ponto de quererem que fogo do céu descesse para consumir os Samaritanos,mas ai Jesus vai afirmar ,que ele não veio para destruir as almas dos homens,mas para salva-lás.
    A princípio,parecia que Jesus não falaria áquele povo,mas depois do encontro com á mulher a beira do poço,o mesmo povo que o tinha rejeitado,fora o mesmo que agora criam nele,conforme podemos ver no texto de João,4,39-41.
    Jesus tinha afirmado para os seus discípulos,que ele tinha vindo para salvar a alma dos homens,e foi justamente o que ele fez com muitos Samaritanos,que creram nele.
    É evidente que o teor da conversa ,entre Jesus e a mulher Samaritana é espiritual ,e isso está bem explícito no texto de João 4,31-38.
    Portanto,Jesus esta oferecendo para a mulher,quanto para o povo Samaritano algo espiritual ( A VIDA ETERNA).
    O que se precisa é examinar as escrituras João 5,39/1,45/20,8-9.Atos 17,11/Lucas 24,27.
    Em Mateus 22,29 o povo erra por não conhecer as escrituras.
    Em ll Pedro 3,18 nos afirma que devemos crescer na Graça e no Conhecimento.
    É claro que Jesus não esta falando com uma mulher adúltera,pelo fato dele ter citado os maridos da mulher,mas com todos os habitantes de Samaria,que estavam sendo representados por essa mulher.
    Mesmo porque esse povo(JUDEUS) tinham se prostituido com outros deuses,e tinham feito aliança COM OUTROS POVOS.
    Tinham se casado com com pessoas de outras nacionalidade,quando o próprio Deus tinha proíbido ,Deuteronomio 7,1-6.
    Neemias 13,23-29,l Reis 11,1-6.
    Em Exodo 20,1-6,Deus afirma para o povo não adorar e nem fazer imagem de nenhum deus,mas ao invés disso,o povo tanto casou-se quanto fizeram imagens e adoraram,outros deuses.
    Agora Jesus esta diante desse povo(JUDEU),tanto quanto todos os outros povos que habitavam em Samaria,para lhes oferecer algo que iria saciar a sua sede espiritual,a água VIVA.
    Um abraço,e que Deus em Cristo continue lhes abençoando.

    Comentário por Salatiel Ramos Pinheiro | 09/11/2016 | Responder

  38. É demais estranho essa interpretação, porque não é citado o nome da mulher. JESUS falou a sua vida, ela se surpreendeu com o SENHOR e disse: Vejo que és Profeta. Se JESUS falava referente aos povos e deuses levados para Samaria pelo rei da Assíria, ela não se surpreenderia, porque essa mistura de povos e deuses levados pra Samaria, todos sabiam e os Judeus por esse motivo não se comunicavam com os Samaritanos. JESUS se revelou a mulher, o MESSIAS prometido por DEUS e falou tudo que a mulher havia praticado, a ponto de ir a cidade e dizer: Vinde ver um homem que disse tudo quanto tenho feito. Porventura é esse o CRISTO? ela e povo da Cidade creram no Filho de DEUS. ” Vinde comigo e vede um homem que disse tudo quanto tenho feito, porventura é este o Cristo” alguns criam interpretações tentando mudar a verdade, mas a Verdade de DEUS é Imutável. A história da mulher Samaritana não é uma parábola, mas, o encontro de uma pecadora com o REDENTOR que perdoou-lhe os pecados e perdoa de todos que crê ser Ele o Filho de DEUS. JESUS é o Salvador que DEUS prometeu nos Profetas e na Lei. DEUS seja Sempre LOUVADO.Amem.

    Comentário por joel Lucio | 05/03/2017 | Responder

    • LEI O QUE O APOSTOLO SHAUL DESCREVE NAS ESCRITURAS E ENTENDA QUE TODOS OS LIVROS NÃO PASSAM DE ALEGORIAS QUE DEVEM SER INTERPRETADAS DANDO VIDA A LETRA. A INTERPRETAÇÃO DO SITE ESTÁ CORRETA SIM, É CHEGADA A HORA DE ADORAR EM ESPIRITO E VERDADE. COMO O CITADO APOSTOLO FALOU ” A LETRA MATA”.

      Comentário por ALAN | 05/04/2017 | Responder

  39. Jesus o Bom Pastor!!

    Comentário por Washington | 23/07/2017 | Responder

  40. Muito obrigado pela ajuda que DEUS abençoe

    Comentário por gilmar felix | 27/07/2017 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: