Viagem Cultural

Dicas e opiniões sobre assuntos diversos.

MISTICISMO RELIGIOSO

As religiões de um modo geral, creem que o Deus que cultuam seja muito poderoso. Assim são os católicos, evangélicos judeus e muçulmanos. Para todos eles, Deus é o criador do universo e de tudo o que há neles.
Mas apesar dessa crença num Deus todo poderoso, por mais contraditório que possa parecer, na visão dos fies esse Deus acaba precisando de uma “ajuda”, seja física ou carnal.

É comum vermos em algumas dessas religiões, principalmente entre os evangélicos, a prática do jejum como uma forma de se alcançar alguma graça. Se cremos que Deus nos concede algo pela sua graça, então nosso sacrifício é em vão e desnecessário. Por outro lado se somos merecedores pelos nossos sacrifícios, então estamos anulando a graça de Deus e recebendo a benção pelos nossos méritos. Uma ação invalida a outra.

Já presenciei crentes levarem a Bíblia para a escola em dias de prova, como se Deus fosse ajudar na prova. Para ir bem na prova é necessário estudar. Deus jamais vai prejudicar alguém que estudou e beneficiar outro que não estudou, somente porque o segundo levou uma Bíblia no dia da prova.
Também já fui em muitas casas onde a Bíblia estava aberta (normalmente no salmo 91), como se essa prática de alguma forma fosse proteger a casa. E se a Bíblia estivesse fechada, mudaria algo? A casa ficaria desprotegida?
A Bíblia só tem valor quando o que está escrito nela é colocado em prática em nossas vidas. Fora isso, ela é somente mais um livro.

Outra prática, não tão comum, mas que já presenciei, foi o ato de algumas pessoas colocarem sal grosso para expulsarem mau espírito. Eu imagino que um espírito que tenha medo de sal grosso não deve ser tão perigoso assim.

Existem também aqueles que costumam usar uma fita ou uma peça de roupa vermelha, com o intuito de afastar o mau-olhado. Ou Deus não é forte suficiente para não deixar que esse “mau-olhado” tenha influência na minha vida, ou essa cor vermelha tem muito mais poder do que eu imaginava?

O crucifixo foi transformado em um objeto sagrado, usado na maioria das igrejas cristãs. Virou pingente, sendo usado desde em retrovisores de carros até em repartições públicas, com o objetivo de proteger o local. Porém pouca gente sabe que de acordo com a Bíblia, o crucifixo é um objeto de maldição: “pois aquele que é pendurado, é maldito de Deus” (Deuteronômio 21:23).

Existem também muitos cristãos que tem em suas salas a figura do Buda virado de costas, pois nessa posição acredita-se que traga prosperidade. Isso já começa sendo uma grande confusão, pois Buda sequer é um personagem cristão.

Passou-se a materializar a fé através de objetos, tornando o objeto como algo sagrado.  São oferecidos, rosa ungida, água do rio Jordão, pulseirinhas, água ungida, toalhinhas, meias e travesseiros. E chegou-se ao cúmulo de se oferecer óleo ungido. Ora, se ungir é o ato de passar óleo em algo, como se unge o próprio óleo?

Muitas outras prática estão tão enraizadas na cultura popular que nem notamos. Por exemplo, jogar arroz nos noivos após o casamento, usar roupa branca ou comer lentilha na virada do ano, pular sete ondas, entrar em um ambiente com o pé direito.

E o que falar então das superstições e simpatias? Não passar embaixo de escadas, temer quando um gato preto cruza nossa frente, achar que um trevo de quatro folhas, ferradura ou pé de coelho dá sorte, etc.

Todas estas práticas na verdade acabam por diminuir o poder de Deus. Acreditamos que o inimigo é forte o suficiente para fazer coisas ruins em nossa vida, destruir nosso trabalho, nosso casamento, mas não acreditamos que Deus sozinho é capaz de vencer esse inimigo.

Deus não precisa de ajuda para fazer algo. Muito menos nossa ajuda.

Ele é Deus. E isso é basta.

 

Anúncios

18/06/2017 - Posted by | Religião |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: